Ligue hoje e proteja sua família: (11) 4332-4924

A Dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus e transmitida principalmente pelo mosquito Aedes Aegypti, encontrado em áreas tropicais e subtropicais do mundo.

O mosquito Aedes Aegypti mede menos de um centímetro, tem aparência inofensiva, cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas. Costuma picar nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte, mas, mesmo nas horas quentes, ele pode atacar à sombra, dentro ou fora de casa.

Há suspeitas de que alguns ataquem durante à noite. O indivíduo não percebe a picada, pois no momento não dói e nem coça.

O melhor método para se combater a Dengue é evitando a procriação do mosquito Aedes Aegypti, que é feita em ambientes úmidos em água parada, seja ela limpa ou suja.

Após a picada do mosquito, os sintomas se manifestam a partir do terceiro dia. O tempo médio do ciclo é de 5 a 6 dias. O intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É depois desse período que os sintomas aparecem.

Existem duas formas da doença: a clássica e a hemorrágica. A Dengue clássica apresenta-se geralmente com febre, dor de cabeça, no corpo, nas articulações e por trás dos olhos, podendo afetar crianças e adultos, mas raramente mata. A Dengue hemorrágica é a forma mais severa da doença, pois além dos sintomas citados, é possível ocorrer sangramento, ocasionalmente choque e conseqüências como a morte.

A fêmea do mosquito deposita os ovos na parede de recipientes (caixas d’água, latas, pneus, cacos de vidro etc.) que contenham água mais ou menos limpa e esses ovos não morrem mesmo que o recipiente fique seco. Não adianta, portanto, apenas substituir a água, mesmo que isso seja feito com freqüência. Desses ovos surgem as larvas, que, depois de algum tempo vivendo na água, vão formar novos mosquitos adultos.

Não se deve deixar objetos que possam acumular água expostos à chuva. Os recipientes de água devem ser cuidadosamente limpos e tampados. Não adianta apenas trocar a água, pois os ovos do mosquito ficam aderidos às paredes dos recipientes.

Para reduzir a população do mosquito adulto, é feita a aplicação de inseticida através do “fumacê”, que deve ser empregado apenas quando está ocorrendo epidemias.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da Dengue.

Ao ser observado o primeiro sintoma, deve-se buscar orientação médica no posto de saúde mais próximo e somente usar medicamentos prescritos pelo médico.

Search